Movimentos do PD e análise biomecânica

Movimentos do PD e análise biomecânica

Oi genteeee!! Hoje vamos começar a falar de alguns movimentos encontrados no PILATES DANCE e refletir sobre a execução correta e uma breve análise biomecânica.

Vamos começar com o plié!  Plié significa “dobrar”, é a suave e contínua flexão dos joelhos!

No ballet temos duas versões: o demi plié e o gran plié.  É possível realiza-los nas cinco posições de pés do ballet.

Só para lembrarmos, estas são as posições dos pés:

Demi significa metade. O demi plié apesar de ser um movimento “básico”, é extremamente importante no ballet e em algumas danças, pois ele é um movimento de preparação, amortecimento e de ligação para outros movimentos, como por exemplo, as pirouettes/ piruetas, pequenos e grandes saltos… Além disso, o demi plié pode ser utilizado para aquecimento e fortalecimentos dos MMII (pernas), auxiliando também na flexibilidade do tendão calcâneo, rotação externa do quadril e também no controle do tronco.

O tronco deve estar complemente alongado, eliminando o peso sobre o quadril, aquela sensação de alongamento que no método pilates chamamos de alongamento axial. O peso do corpo deve estar igualmente distribuído entre as duas pernas, os joelhos devem se comportar como uma “mola”, onde a musculatura do quadríceps deve tracionar a patela para cima, evitando “tranquinhos” para trás, isto é, manter o tônus muscular, utilizando ao máximo da capacidade viscoelástica dos músculos dos MMII. Os joelhos devem permanecer perpendiculares aos 2° e 3° dedos do pé́ correspondente

O que é importante entender?

  • O grau de rotação externa do quadril depende da mobilidade
    da articulação coxofemoral de cada praticante;
  • O grau da flexão dos joelhos depende do alongamento do tendão
    de calcâneo de cada praticante;
  • O grau da dorsiflexão dos tornozelos deve ser o menor possível, sem que os calcanhares saiam do chão.
  • O grau da abdução dos pés deve acompanhar o grau de rotação do

Músculos envolvidos:

  • Glúteo médio
  • Glúteo mínimo
  • Quadríceps
  • Adutores
  • Tríceps sural (gastrocnêmio, sóleo)
  • Músculos dos pés (intrínsecos)

Principais articulações envolvidas: 

  • Articulações dos joelhos
  • Articulações dos pés
  • Cintura pélvica

O demi plié na aula de Pilates Dance deve ser ensinado e executado pensando em todos esses itens. Executar cada movimento com controle e respeitando a individualidade de cada cliente é imprescindível para manter a segurança e eficiência de nossas aulas.

O resultado da combinação dos pliés nas coreografias de Pilates dance será: pernas e abdominais fortes, definidos, uma coluna alinhada, flexibilidade e muita graciosidade. Tudo que nós mulheres desejamos!!!

Boa aula #bailalindas!!

Marcela Piston, Master Teacher

Veja a agenda de turmas, clique aqui!

Deixe uma resposta